Por que os tecidos Jacquard são ideais para lingerie | Miss Mary of Sweden
Passar para o conteúdo principal
Refunded Returns

Por que os tecidos Jacquard são ideais para lingerie

Os tecidos Jacquard dão um toque de elegância ao vestuário e nunca saem de moda. São tão populares hoje como há centenas de anos atrás, quando eram uma exclusividade das pessoas mais afluentes. No presente artigo, abordamos o que torna tão único este material luxuoso e icónico e por que vale a pena ter peças em Jacquard no seu guarda-roupa.

Os tecidos Jacquard existem há centenas de anos, mas há 200 anos atrás revolucionaram toda a indústria têxtil. São utilizados em inúmeras aplicações: como tecido para mobiliário e toalhas de mesa dispendiosos, tapeçarias em palácios e mansões, elegantes vestidos e casacos compridos, peças tricotadas e roupa interior sofisticada. Mas o que é exatamente um tecido Jacquard e como se explica a sua vasta e diferenciada aplicação? Neste artigo, vamos pôr as coisas a claro.

Os tecidos Jacquard são muito variados tanto na aparência como nos padrões de desenho. Na imagem, o tecido unicolor com motivo de animais confere ao soutien um look moderno e ligeiramente desportivo. Encontra informações adicionais sobre este soutien aqui.

O QUE SÃO OS TECIDOS JACQUARD?
Um tecido Jacquard é sempre adornado com motivos. O que distingue os tecidos Jacquard de outros tecidos que apresentam desenhos é a forma como o padrão foi obtido. Um padrão Jacquard não é estampado, está integrado no próprio tecido. Jacquard é simplesmente o nome dado a uma técnica de tecelagem. Os tecidos podem ser fabricados praticamente com quaisquer fios, por exemplo, de algodão, seda, poliéster e acrílicos.

Perguntámos a Anne Nero, modelista e designer de lingerie na Miss Mary, o que é que torna os tecidos Jacquard tão especiais. A Anne tem 30 anos de experiência na confeção de roupa interior feminina e trabalhou nas principais marcas escandinavas do setor. Está há oito anos na Miss Mary e é a criadora de vários dos nossos modelos mais populares.

"Jacquard é bonito e elegante e valoriza qualquer peça”

Anne Nero, designer e modelista

 

“Jacquard é bonito e elegante e valoriza qualquer peça”, afirma Anne. “Normalmente, as peças de lingerie são fabricadas com uma combinação de pelo menos dois materiais, mas nos soutiens utilizamos mais. Quando se opta por um tecido com motivos, há muitas técnicas para produzir um padrão, mas em termos de elegância não há nada melhor quando o padrão é obtido através da tecelagem ou tricotagem, como no caso do Jacquard”.

PADRÃO TECIDO COMPARADO COM ESTAMPADO
Uma das maiores vantagens dos tecidos Jacquard reside no facto do padrão ser obtido no âmbito do próprio processo de tecelagem e, portanto, não desaparece nem desbota. Nos tecidos estampados, o motivo desbota frequentemente por força das lavagens e do uso frequente. Nos estampados têxteis vendidos a metro, as cores tendem a “quebrar” quando se estica o tecido, se este for elástico. Além disso, o padrão só está estampado num dos lados. No fabrico dos tecidos Jacquard utilizam-se fios previamente tingidos, o que assegura a estabilidade da cor e do padrão.

“O padrão da sua peça em Jacquard nunca desaparece”

Jacquard pode ser tecido com fios de diferentes cores de modo a formar um padrão. Pode igualmente ser fabricado em uma única cor e constituir um padrão com efeito de relevo, como está ilustrado na figura abaixo. É um tecido em malha Jacquard que usamos no nosso body Hold Me.

 


 

Na prática, os tecidos Jacquard podem ter qualquer motivo. Desde simples padrões geométricos repetidos – por exemplo, listrados ou em xadrez – a motivos extremamente complexos, como nos tecidos adamascados do século XV ilustrados na figura abaixo. As variações são inesgotáveis, apenas a imaginação (e o preço) estabelece os limites.

“Apenas as pessoas mais afluentes podiam comprar tecidos Jacquard”


Jacquard pode ser tecido com desenhos e motivos extremamente elaborados, como este tecido adamascado italiano do século XV. Imagem do livro K.F. Koehler's Antiquarium de Alexander Spelz.
 

COMO UM TECELÃO EM LYON REVOLUCIONOU TODA UMA INDÚSTRIA
Antigamente, tecidos como o damasco e o brocado, bem como outros tecidos Jacquard, eram extremamente complicados de tecer. Para obter os complexos padrões, o tecelão necessitava da ajuda de vários assistentes para levantarem manualmente certos fios da urdidura de acordo com um plano predefinido.
Na China utilizavam-se teares com dois planos enormes. Os assistentes encontravam-se no plano superior e levantavam e puxavam os fios da urdidura para construir o padrão. Como é evidente, esses tecidos eram extremamente dispendiosos. Apenas os mais ricos tinham meios para os comprar.

“Um ex-tecelão lionês transformou a indústria têxtil para sempre”

No início do século XIX tudo mudou! O tecelão Joseph-Marie Jacquard (1752–1834), natural de Lyon, uma cidade conhecida pelos seus teares de seda, inventou um tipo de tear totalmente novo, atualmente designado tear de Jacquard. A sua invenção permitia tecer padrões extremamente complexos muito mais fácil e rapidamente do que antes e sem a ajuda de assistentes para levantar os fios da urdidura.

O tear de Jacquard usava cartões perfurados semelhantes aos cartões utilizados como cartões de ponto. Graças à técnica com cartões perfurados, o tear podia ser “programado” previamente para tecer um determinado padrão. Os cartões de Jacquard constituem um dos primeiros exemplos de codificação, muito antes do surgimento do primeiro computador. A invenção de Joseph-Marie Jacquard teve uma repercussão enorme na indústria têxtil. Volvidos apenas 20 anos, existiam cerca de 10 000 teares de Jacquard só em Lyon.

No vídeo do Museu Victoria e Albert abaixo, pode ver como funciona o tear de Jacquard com cartões perfurados.

 

JACQUARD PARA ROUPA INTERIOR
A técnica de tecelagem original com cartões perfurados foi também aplicada com sucesso nas máquinas de tricotar. Atualmente, existe uma grande variedade malhas Jacquard que são usadas tanto na confeção de vestidos e cardigãs, como no fabrico de soutiens e cuecas. Mesmo com as tecnologias computadorizadas atuais, a produção de tecidos Jacquard é, todavia, um trabalho moroso. Por exemplo, uma renda Jacquard requer bastante mais tempo a tricotar do que uma renda normal. Por esse motivo, os tecidos Jacquard são usados principalmente nas peças um pouco mais exclusivas e pelas marcas de maior renome.
 

“A malha Jacquard adapta-se ao corpo e é ideal para lingerie”

 


Body Hold Me confecionado em malha Jacquard com padrão de folhas e renda com motivos florais.

A malha Jacquard usada no body Hold me na imagem acima, apresenta um padrão de folhas monocromático em nuances de branco, obtido com recurso a dois tipos de fios diferentes que criam um efeito de relevo. Isto resulta num look muito elegante, como uma mistura entre renda e tecido liso normal. Este body é uma das muitas peças com que a Anne Nero trabalhou.

A Anne gosta de experimentar e trabalhar com diferentes tipos de materiais, em particular com os tecidos Jacquard devido á sua versatilidade e elevada qualidade.

“A malha Jacquard é perfeita para as copas de um soutien ou body ou como detalhe numas cuecas. Pode ter uma aparência muito variada. Os tecidos Jacquard são, geralmente, muito resistentes. A qualidade é muito elevada e isso nota-se. Vale a pena, pois é um tecido que mantém as suas propriedades com o decorrer do tempo” explica.

As cuecas, os soutiens e os bodies são as peças do nosso guarda-roupa que lavamos com maior frequência e, por isso, estão sujeitas a um grande desgaste. Mas como os padrões Jacquard não desaparecem nem desbotam, a sua peça estará como nova durante muito tempo.


Soutien Jacquard & Lace em malha Jacquard com padrão de animais e renda com motivos florais. A renda Jacquard nota-se pelo facto de ser igual tanto no direito como no avesso. Nas rendas “normais” o avesso é ligeiramente diferente.

A lingerie em tecido Jacquard confere um toque de exclusividade que não escapa a ninguém. O material transmite uma sensação de luxo, com a peça vestida ou simplesmente observada. A qualidade única dos padrões e o toque especial fazem do Jacquard um tecido que dá nas vistas e que nunca sai de moda. É tão moderno hoje como o era há 200 anos, com a única diferença de atualmente ser acessível a todas as bolsas e não apenas às pessoas afluentes. Garantimos que vai usufruir da sua peça em Jacquard durante muitos anos. Vale a pena apostar na qualidade. Com os tecidos Jacquard está destinada a não falhar.

Adicionar novo comentário

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.