Porque não há soutiens no meu tamanho? | Miss Mary of Sweden
Passar para o conteúdo principal
Refunded Returns

Porque não há soutiens no meu tamanho?

Por vezes, as clientes perguntam-nos porque é que alguns dos nossos soutiens não existem em determinados tamanhos. No presente artigo, expomos a razão pela qual não fabricamos todos os tamanhos e os fatores que determinam a nossa oferta.

Quando encontramos um soutien elegante que aparenta ser perfeito, é natural ficarmos desapontadas se esse soutien em não estiver disponível no nosso tamanho. É uma frustração legítima que nós e todos os fabricantes e vendedores de soutiens compreendemos perfeitamente. Muitas vezes, as clientes perguntam-nos se não podemos fabricar um soutien precisamente à sua medida. Existem muitos fatores que estão na base de uma gama de tamanhos, tanto ao nível das coleções como dos próprios produtos. 


BRODERIE ANGLAISE está disponível nos tamanhos de copa B a I e nos tamanhos de banda 80-110.

UM ÚNICO SOUTIEN REQUER MUITOS LOCAIS DE ARMAZENAMENTO
Um soutien está disponível em inúmeros tamanhos graças ao sistema de tamanhos duplo com tamanhos de copa e tamanhos de banda. Se, por exemplo, uma t-shirt for fabricada num vasto leque de tamanhos, de XXS a XXXXL, a peça estará disponível em nove tamanhos no total. Por esta simples razão, é fácil fabricar, gerir e armazenar todos os tamanhos.

Em contrapartida, se um soutien for fabricado na extensa gama de tamanhos correspondente, isto é, de um tamanho muito pequeno a um tamanho muito grande, como, 65-125 e copas AA-K, isso implica que uma só cor estará disponível em 156 tamanhos! Ora, isto coloca exigências completamente diferentes em termos de gestão de stocks, planeamento e administração.

“Lovely Lace está disponível em até 630 variantes de tamanho e de cor”
 


Uma imagem do nosso armazém na qual se veem 140 compartimentos de armazenamento. Cada compartimento acomoda apenas um tamanho. Só o soutien LOVELY LACE sem armação pode exigir 630 compartimentos, ou seja, um espaço quatro vez maior do que vemos na imagem.

O nosso popular soutien LOVELY LACE sem armação está disponível em 63 tamanhos e cada tamanho em 10 cores. Isso significa que são necessários 630 compartimentos de armazenamento apenas para este modelo. Quando se lida com inúmeras variantes de um único produto, é necessário planear minuciosamente a aquisição de materiais e a produção e avaliar quais os tamanhos que terão maior ou menor procura.  

Por razões óbvias, as lojas de soutiens dispõem de um espaço restrito para a venda e armazenamento dos produtos. Por isso, são frequentemente obrigadas a limitar a quantidade de modelos diferentes disponíveis.


LOVELY LACE está disponível em até 10 cores e cada cor em até 63 tamanhos. Oferece bom suporte até à copa H, mas no tamanho de copa J, por exemplo, a construção com renda elástica e copas sem armação e sem enchimento não confere o suporte suficiente,

Com tantas variantes, os fabricantes ou os revendedores não querem correr o risco de ficar com artigos não vendidos em armazém. Não é por acaso que o leque de tamanhos é como é. Se um tamanho de copa for muito pouco vendido, será retirado da gama de produtos na época seguinte. Pode também acontecer que alguns tamanhos não são fabricados desde o início, porque sabemos por experiência que não serão vendidos em quantidades suficientes que justifiquem o enorme trabalho por detrás de cada tamanho.

Por sua vez, uma loja virtual pode dispor de um espaço praticamente ilimitado no seu servidor, contudo, é obrigada a ter um armazém físico em alguma parte. Um revendedor ou tem um armazém próprio ou reencaminha as encomendas para o fabricante – por exemplo, a Miss Mary – o qual enviará depois os artigos diretamente para o consumidor. Esta de técnica de gestão logística é conhecida por drop-shipping e é muito utilizada atualmente. Mas donde quer que a encomenda seja enviada, tem de haver um armazém físico algures. E quando se trata de soutiens, as exigências de gestão são ainda maiores por força de todos os tamanhos. Embora seja um produto de dimensões reduzidas que, em si, não ocupa muito lugar, é, porém, necessário um amplo armazém. 

PORQUE É QUE OS SOUTIENS SÃO TÃO DIFÍCEIS DE FABRICAR?
Não é apenas a gestão dos stocks que é complexa, mas também o fabrico dos soutiens. É costume dizer-se que quanto mais pequena for uma peça, mais difícil é o seu fabrico. Os soutiens são a prova disso. Uma t-shirt, por exemplo, é composta por cinco partes no total. Para a sua costura são necessários apenas dois tipos de material diferentes – tecido e gola – e uma série de costuras, na maioria longas e em linha reta.


Um soutien é composto por muitas pequenas partes diferentes com formas singulares. É muito mais difícil de costurar do que uma t-shirt.

Um soutien, por sua vez, é constituído por 20-35 partes, dependendo do modelo e do próprio corte. Qualquer que seja o modelo, os soutiens são fabricados com diferentes materiais. Mesmo o modelo mais simples é composto por materiais diferentes nas copas, nas alças, nas costas, nos elásticos, nos fechos de colchetes e nas fivelas para ajustar as alças. Isto sem falar do forro e do enchimento. Frequentemente, as copas com costuras contêm dois materiais, o próprio tecido e a renda.

“Fabricar um soutien é um trabalho de precisão”

No fabrico de soutiens usam-se muitas máquinas de costura diferentes: máquinas de ponto corrido de uma e duas agulhas, máquinas de corte e cose, máquinas de ziguezague, máquinas de mosquear, etc. Os materiais dos soutiens são frágeis e delicados, em particular, as rendas e os bordados, pelo que têm de ser manuseados com cuidado. As costuras são curtas e costurar todas as partes requer cerca de 60 operações, com repetidos arranques e paragens. Fabricar um soutien é, portanto, um processo moroso. Se tivermos em conta os custos de produção, o fabrico de soutiens é relativamente oneroso, em comparação com as outras peças de lingerie. A produção de um soutien envolve cerca de 10 costureiras. 

O número elevado de variantes exige um planeamento cuidadoso da produção, aquisição de materiais, planos de corte, corte dos tecidos, embalagem e etiquetas. Quando se planeia a produção, não se trata apenas de preencher o stock dos modelos em falta. É toda uma série que está em causa.


Partes do soutien Cotton Dots antes de serem cosidas. Estão agrupadas de acordo com o tamanho. É necessário um planeamento cuidadoso para confecionar o número certo de soutiens no momento de repor o stock dos tamanhos em vias de esgotar. Não se trata de fabricar apenas alguns dos exemplares esgotados.

EXTENSOS PREPARATIVOS ANTES DA PRODUÇÃO
Os trabalhos preparatórios que antecedem o início da produção são enormes. A construção dos moldes e a gradação para os diferentes tamanhos – ou seja, adaptar os moldes a diversos tamanhos de modo que o corte fique bem tanto com copas pequenas como grandes – é extremamente complexa. Numa peça de vestuário solta, como, por exemplo, uma t-shirt, é possível fazer a gradação automaticamente com a ajuda de um programa de computador, mas isso não é viável num soutien, pelo menos quando se enfatiza o corte e a qualidade, como na Miss Mary.  


O desenvolvimento dos moldes do soutien é um trabalho manual exigente. Cada tamanho suplementar requer o mesmo número de horas de trabalho preparatório.

Apenas para o soutien LOVELY LACE, que é fabricado em 63 tamanhos, a modelista teve de ampliar ou reduzir cada parte do molde 63 vezes. Como cada soutien é constituído por 22 partes diferentes, é fácil de imaginar o trabalho depositado num único tamanho.

Na Miss Mary fazemos provas de todos os tamanhos com modelos físicos para certificar que cada tamanho assenta na perfeição. Este processo decorre durante um longo período e é extremamente moroso, devido a todos ajustes e modificações que são realizados ao longo do trabalho. 

A IMPORTÂNCIA DO MATERIAL


Muitos materiais de lingerie, como as rendas, são delicados e há um limite do que podem suportar. As marcas de qualidade fabricam apenas os tamanhos condizentes com os materiais, incluindo na equação o desgaste que o soutien vai estar sujeito.

Um outro fator que influencia o número de tamanhos tem a ver com a combinação material/construção do soutien. Um peito volumoso precisa de um suporte mais robusto do que um peito pequeno, donde se conclui que uma copa A não precisa de ser construída do mesmo modo que uma copa maior. Na prática, não precisa do mesmo tecido estável ou alças largas. Um peito pequeno abre mais oportunidades de escolha. Por exemplo, modelos delicados sem armação em renda suave e fina, algo impensável para peitos mais volumosos, visto que tais modelos não oferecem suficiente apoio.

“Os modelos estáveis construídos para oferecer bom suporte são raramente procurados pelas mulheres com copa A”

Por outro lado, os modelos estáveis construídos para proporcionar bom suporte não têm a mesma popularidade entre as mulheres com copa A. Os modelos delicados com alças estreitas são mais vendidos nos tamanhos mais pequenos do que nos tamanhos maiores, pela simples razão de que as mulheres com peito volumoso preferem, frequentemente, alças de conforto largas e acolchoadas que permitam aliviar os ombros.


As alças largas e acolchoadas são preferidas, em particular, pelas mulheres com peito mais pesado, comparado com as mulheres com menor tamanho de copa. Na imagem, o soutien macio DIAMOND.

Praticamente, nenhum fabricante de soutiens fabrica atualmente as suas próprias rendas, visto que as peças acabadas seriam então muito caras. As rendas para lingerie são vendidas a metro, mas não têm a mesma largura que, por exemplo, os tecidos de renda para cortinas, cuja largura pode chegar a três metros. As rendas usadas na lingerie são fornecidas em longas fitas de cerca de 20-30 cm de largura, o que permite aproveitar os bonitos bordos ondulados da renda. Normalmente, são estes bordos que vemos nas copas.


Os bordos ondulados da fita de renda são aproveitados para as copas do soutien. Na imagem, o soutien FLORA com armação.

O posicionamento das partes do molde na renda é planeado cuidadosamente para que o motivo fique bem em todos os tamanhos. Portanto, o aspeto visual de uma copa A ou de uma copa F poderá ser muito diferente, visto que uma maior parte do motivo será visível numa copa grande ou, ao invés, não terá espaço numa copa pequena. Na conceção do soutien, a designer talvez queira mostrar apenas uma pequena parte de um certo material, por exemplo, uma malha com bordado florido junto à orla. Numa copa pequena, o motivo talvez ocupe toda a parte superior, enquanto que numa copa grande o florido será apenas visível numa pequena parte. Estas rendas delicadas são frágeis e isso é contemplado no planeamento no número de tamanhos. Um tamanho grande impõe exigências acrescidas ao material em termos de sustentação.

Um exemplo típico de modelo de soutien que apresenta limitações físicas é o soutien t-shirt com copas moldadas. Estas copas são difíceis de fabricar em tamanhos superiores à copa H sem o risco de ficarem pouco profundas. Isso deve-se às limitações físicas que existem na moldagem de uma única peça de tecido. Se tiver seios muito volumosos, recomendamos que use copas com costuras, visto que proporcionam um excelente suporte. As copas com costuras oferecem um bom suporte a todos os peitos, mas em particular aos peitos volumosos. Num soutien com copas profundas, a parte central, entre as copas, fica mais encostada ao corpo, o que proporciona uma melhor sustentação.


As copas moldadas – como aqui no soutien STAY FRESH disponível até à copa G – são difíceis de fabricar em tamanhos muito grandes, pois o tecido não pode ser moldado indefinidamente sem perder a tenacidade e a forma. Este soutien possui também material elástico sem acolchoamento nas copas, o que não seria adequado, por exemplo, para copas J.

O OFERTA E A PROCURA SÃO DETERMINANTES
Em última análise, a questão tem a ver com os tamanhos que são mais procurados. Segundo as estatísticas e as análises efetuadas, o tamanho mais comum entre as mulheres europeias é, atualmente, o 85D. Isto está em consonância com as nossas próprias vendas. A grande maioria dos soutiens que vendemos são nos tamanhos de copa C, D e E. Procuramos oferecer tanto tamanhos maiores como mais pequenos e ter uma gama tão ampla quanto possível. Atualmente, oferecemos os tamanhos de banda 70-125 e copas A-J. Porém, nenhum modelo está disponível em todos os tamanhos. O maior tamanho que vendemos é a copa J, mas como a copa J é tão pouco procurada pelas nossas clientes, só temos um modelo nesse tamanho de copa. Por outro lado, oferecemos também um par de modelos com o tamanho de copa I. Embora a venda desses tamanhos seja muito discreta, procuramos, contudo, ter alguns soutiens nesses tamanhos de copa na nossa coleção.

“O tamanho mais comum entre as mulheres europeias é 85D”

Chegámos a oferecer soutiens com o tamanho de copa A em todos os modelos, mas as vendas eram tão baixas que decidimos excluí-los das nossas coleções. Porém, quando há alguns anos criámos a coleção exclusiva Visionary, reintroduzimos as copas A nas nossas ofertas após um intervalo de vários anos. Alguns dos nossos soutiens mais vendidos, como LOVELY LACE, COTTON DOTS e BRODERIE ANGLAISE, chegaram a estar disponíveis com o tamanho de banda 75, mas essas variantes foram excluídas devido ao fraco desempenho das vendas. Atualmente, estão disponíveis nos tamanhos 80 e superior.


Após um longo interregno, a copa A foi reintroduzida nas nossas ofertas com a exclusiva coleção Visionary.

Enquanto fabricantes de lingerie, apreciamos o diálogo estreito com as nossas clientes, atuais ou potenciais. Ouvimos com atenção os seus pontos de vista e o que têm a dizer sobre os produtos que gostariam de ver nas nossas coleções. Achamos que é um contributo importante, pois, em última análise, é a procura que determina a oferta. Chegámos a expandir as nossas coleções na sequência de pedidos que recebemos, mas isso nem sempre é possível, dependendo do modelo em questão. Por exemplo, aumentámos o leque de tamanhos de banda de vários soutiens da coleção Visionary quando verificámos que havia uma procura significativa de modelos com maior perímetro. No entanto, importa lembrar que simplesmente não é rentável investir imenso tempo e trabalho na produção de novos tamanhos se as vendas se limitarem a um reduzido número de exemplares.

Adicionar novo comentário

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.