Soutiens com armação com todo o conforto | Miss Mary of Sweden
Passar para o conteúdo principal
Refunded Returns

Soutiens com armação com todo o conforto

Soutiens com armação. Nenhuma outra peça de lingerie suscita tantas opiniões divergentes como os soutiens com armação. Tanto adorados pela sustentação e elevação que oferecem, como criticados pelo desconforto que poderão causar. Hoje, vamos esclarecer tudo sobre estes modelos sempre populares, mas também controversos. 

O soutien com armação é um clássico que parece nunca ficar fora de moda. Quando vai comprar um novo soutien, a primeira decisão que provavelmente toma – consciente ou inconscientemente – é se vai optar ou não por um soutien com aros.  
A armação em si consiste de um aro fino, de plástico ou metal, costurado num canal ao longo das laterais e da base das copas. O aro começa na axila e termina na frente entre os seios. A armação nos soutiens foi inventada no início do século XX. Nos anos 30 surgiu em diversas versões, mas foi apenas a partir dos anos 50 que se tornou verdadeiramente popular em termos comerciais.

Soutien Floral Sun com armação desenhado por Lars Wallin para a coleção Visionary by Miss Mary 

A ARMAÇÃO DESEMPENHA TRÊS FUNÇÕES 
Um soutien com armação oferece vários benefícios práticos. Acima de tudo, desempenha três funções: eleva, sustenta e molda o peito de uma forma totalmente diferente da de que um soutien sem aros está em condições de fazer. A armação em si é o elemento central do apoio de um soutien. Suporta o peso do peito e distribui-o equilibradamente ao longo do aro, para depois ser dispersado para as outras partes do soutien. Quanto mais subida for a armação nas laterais e entre os seios, maior será a superfície pela qual a armação poderá distribuir o suporte. Portanto, um soutien com costas e laterais altas e um soutien com esterno subido oferecem melhor apoio do que um soutien com decote acentuado.  

“A armação distribui o peso do peito para as outras partes do soutien.” 

A armação eleva e sustenta o peito, ao mesmo tempo que distribui e dispersa o peso do peito pelas costas, laterais e parte central do soutien. Quanto mais subida for a armação e quanto mais altas forem as laterais e as costas, melhor será a sustentação. 

A armação contorna o peito e contribui para que o soutien fique justo ao tórax e separe o peito. “Separar” significa que a parte central do soutien fica justa ao corpo na zona do esterno, impedindo que os seios fiquem comprimidos um contra o outro e criem o chamado efeito “mono-mama”. Graças à separação, o soutien proporciona um apoio individual a cada seio e um formato definido a peitos assimétricos. Os aros ajudam também a elevar o peito e a reduzir a pressão nos ombros. 

COMO DEVE A ARMAÇÃO ASSENTAR? 
A armação deve contornar toda a parte inferior do peito e nunca pressionar o tecido mamário, tanto nos lados como na parte central. Deve poder levantar os braços sem que a armação deslize. Se for esse o caso, o perímetro do seu soutien é demasiado grande.  
As armações surgem com diferentes alturas. Algumas são subidas entre os seios, enquanto que outras são muito baixas no esterno e são usadas nos soutiens em estilo plunge com decote muito acentuado. 

“A armação desempenha três funções:  
elevar, moldar e sustentar” 

 

AJUDEM-ME! O MEU SOUTIEN COM ARMAÇÃO É INCÓMODO! 
Um soutien com armação que assente bem nunca deve ser desconfortável. Se for esse o caso, então está a usar um tamanho errado ou um modelo inadequado para o seu tipo de peito. A causa mais comum para a sensação de desconforto é o tamanho de soutien errado. Se o soutien apertar o peito, por exemplo, na lateral, isso significa que as copas são demasiado pequenas. Se a armação deixar marcas vermelhas na pele, é muito possível que o seu soutien tenha um perímetro demasiado pequeno. 

“A copa deve envolver todo o peito e a armação não deve vincar o tecido mamário”  

Se acha que a extremidade dos aros causa desconforto entre os seios, experimente um outro modelo com esterno mais baixo ou um soutien em que o ângulo de encontro dos aros é diferente. Atualmente, existem no mercado soutiens com cortes muito diferentes. Dependendo da forma do tórax e do peito e se os seios estão muitos juntos ou afastados, o mesmo soutien assentará de uma forma diferente em diferentes tipos de peito. Experimente. Todos os peitos são diferentes e únicos. 

“Se tiver um peito largo, experimente um soutien redutor” 

Se, por exemplo, a base do seu peito for larga (independentemente do tamanho de copa), poderá ser uma boa ideia experimentar um soutien com efeito redutor. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, um soutien redutor não é apenas para mulheres com seios volumosos que desejam “espalmar” o peito. O que caracteriza um soutien redutor é a forma mais larga dos aros e as copas menos profundas do que as de um soutien tradicional.  

“Todos os peitos são únicos. O mesmo soutien  
assenta de forma diferente em cada corpo.” 

Somos todas diferentes e cada peito é único. Não olhe cegamente para o tamanho. A largura dos seios e a distância que os separa são igualmente importantes para a forma como o soutien assenta. 

Se a base do seu peito for estreita ou tiver os seios muito juntos, talvez deva escolher um soutien cujas copas assentem bem, mas com um perímetro demasiado pequeno. Para compensar o perímetro apertado, use um extensor de soutien no fecho de colchetes em vez de escolher um perímetro maior. Com o extensor, a banda das costas fica mais longa sem afetar o corte na frente ou a forma como as copas assentam. 

HÁ ALTURAS EM QUE NÃO SE DEVE USAR UM SOUTIEN COM ARMAÇÃO? 
Cada corpo é único (para não falar dos gostos e preferências!) e pode acontecer que uma pessoa simplesmente não goste de aros. Nesse caso, a solução é usar soutiens sem armação. Você conhece o seu corpo melhor do que ninguém. Mesmo que um soutien com armação ofereça o melhor suporte e elevação, não deve usá-lo se não gostar dele. A roupa interior deve proporcionar conforto e bem-estar. Por isso, deve vestir as peças com as quais se sente bem, tanto física como emocionalmente. Há mulheres que tiram o soutien assim que chegam a casa depois de um dia no trabalho, na escola ou na cidade e que adoram relaxar no sofá com os seios completamente livres debaixo de uma T-shirt. Há também mulheres que usam soutiens com armação quando estão fora, mas que os trocam por um soutien casual confortável quando chegam a casa. E por último, há muitas mulheres que, como eu, usam soutiens com armação durante todo o dia porque acham que são tão confortáveis como qualquer soutien casual de trazer por casa, pois encontraram o modelo e o tamanho certos.  

“Vista-se para o seu próprio gozo.  
Usar lingerie deve  
ser divertido.” 

 

Em algumas situações, o uso de soutiens com armação não é aconselhado. Por exemplo, justamente após uma intervenção cirúrgica nos seios, tais como, mamoplastia de redução ou de aumento e mastectomia. Nos meses após este tipo de intervenção, usam-se normalmente soutiens pós-operatório adaptados à finalidade da cirurgia. Na mamoplastia de aumento, por exemplo, usa-se um soutien de compressão que comprime o peito.  

Se planeia ou fez recentemente uma cirurgia ao peito, recomendamos que consulte o seu médico para saber quanto tempo terá de esperar até poder usar novamente um soutien com aros (ou um soutien normal). Se foi operada para implantar um estimulador cardíaco, recomenda-se também que use um soutien sem aros. 

UMA CONSTANTE… 
Tal como todas as outras peças de vestuário, a lingerie é marcada por tendências que surgem e desaparecem. Quem pode esquecer, por exemplo, os soutiens cónicos ou os soutiens com construção em cruz dos anos 70. Hoje em dia, a oferta é mais vasta do que nunca, com inúmeros designs, materiais e cores diferentes. Mas uma coisa tem sido constante: os soutiens com armação. E nada indica que desçam em popularidade nos próximos anos. Que tipos de soutien prefere? Com ou sem armação ou talvez ambos? Escreva os seus comentários na caixa de comentários abaixo e diga-nos porquê. 

Adicionar novo comentário

Plain text

  • Não são permitidas tags HTML.
  • Endereços de páginas web e endereços de email são transformados automaticamente em ligações.
  • As linhas e os parágrafos quebram automaticamente.